Seja sustentável, mas não seja ecochato.

A moda agora é o upcycling, um processo de reutilização que busca, além de reciclar materiais e produtos que seriam descartados, transformá-los em objetos ou produtos exclusivos. Ele vai contra o processo de reciclagem convencional, conhecido também  como downcycling, que ao invés de dar mais valor aos produtos antigos, os destrói para dar origem a algo novo, e ainda gasta energia para que isso ocorra.

Como a matéria prima provavelmente se tornaria lixo, upcycling é uma proposta que além de ser ecologicamente correta, é uma oportunidade de negócios bastante lucrativos. É aí que as marcas e os artistas com criatividade de sobra entram na história. Como é o caso da Speedo, que em parceria com a grife inglesa From Somewhere, reutilizou peças antigas, mas nunca usadas, para a criação de vestidos luxuosos que foram lançados na badalada semana de moda de Londres, a London Fashion Week.

Clique aqui e veja o vídeo que explica como funcionou o projeto.

Já o jovem designer holandês Patrick Shuur, fez a sua parte criando um armário revestido por mais de 900 fitas cassete, que além de super original não deixa de ser sustentável.

Também usando fitas cassete e muita criatividade, a blogueira LO*QUE*SEA montou esta mesa de centro incrível. Se você já tiver aposentado o seu vídeo cassete, entre no blog dela, e descubra como fazer a sua.

A onda ecofriendly não pára por aí, ela também está na arquitetura, no design de interiores e até nas grifes mais famosas do mundo, que é claro, não ficam para trás quando o assunto é tendência. A Prada, por exemplo, se lembrou que tinha uma grande quantidade de tecidos antigos guardados e resolveu criar sapatilhas, bolsas e vestidos que dão nova vida ao material que estava parado e ainda revivem o estilo da década de 50.

A Universidade de Tecnologia da Holanda também não perdeu tempo, e criou um grande balcão feito com livros para a biblioteca do local.

E para terminar, uma grande ideia da agência de publicidade BrandBase, que solicitou aos seus arquitetos que todos os móveis do local fossem feitos a partir do reaproveitamento de materiais. A solução você vê ali embaixo, todos os móveis do escritório foram criados com pallets, aquelas plataformas de madeira utilizadas em empilhadeiras.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s